As dificuldades de aprendizagem e o processo de escolarização Uma perspectiva de investigação qualitativa na educação

Marlene Rozek, Rodrigo Serra, Priscila Brasil

Resumo


Esta pesquisa tem como objetivo conhecer as principais dificuldades de aprendizagem apresentadas por crianças e adolescentes que buscaram o atendimento psicopedagógico no Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Aprendizagem e Processos Inclusivos (NEPAPI) entre 2011-2012. Para isto, foi realizado o levantamento do perfil e das características dos sujeitos atendidos no NEPAPI a partir dos prontuários de cada participante. Os dados foram analisados pela metodologia de Análise de Conteúdo de Bardin. Utilizaram-se três categorias de análise, a saber: 1) dificuldades de compreensão, leitura e interpretação; 2) dificuldades afetivo-emocionais e 3) dificuldades orgânico-afetivas. Os resultados apontam um elevado índice de dificuldades afetivo-emocionais relacionadas com as dificuldades de aprendizagem. Os achados demonstram a importância de compreender o papel dos processos emocionais no desenvolvimento das dificuldades de aprendizagem. Além disso, torna-se fundamental a elaboração de propostas de formação continuada para professores, nas quais os processos de aprendizagem sejam vistos como resultado da interação de aspectos cognitivos e emocionais, dentro de um contexto sócio-histórico.


Texto Completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.