Compressões torácicas em vítimas de paragem cardio-respiratória Contributos dos dispositivos mecânicos

Vitor Almeida, Madalena Cunha

Resumo


O objectivo do estudo foi determinar a eficácia das compressões torácicas mecânicas na recuperação da circulação espontânea (RCE) nas vítimas de paragem cardiorrespiratória (PCR) e o bom resultado neurológico no momento da alta. Foi realizada uma revisão sistemática da literatura sobre estudos que avaliavam a eficácia da aplicação de dispositivos mecânicos nas compressões torácicas em vítimas de PCR no contexto de PH. Três RCT’s, envolvendo 7208 participantes, sendo 3027 do grupo de aplicação dos dispositivos mecânicos e 4181 do grupo controlo. Os resultados revelam não existirem diferenças significativas na recuperação da circulação espontânea e no resultado neurológico na alta hospitalar quando utilizados dispositivos mecânicos comparativamente às compressões manuais. A RCP mecânica não influência na RCE, mas apresenta benefício com relevância clinica no bom resultado neurológico no momento da alta hospitalar.

Texto Completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.