A Visita Domiciliar como Modalidade de Prática Psicológica no Contexto de Instituições para Crianças e Adolescentes

Severino Souza, Ana Lúcia Francisco

Resumo


Este artigo foi elaborado a partir do projeto de tese, em fase inicial de desenvolvimento no Programa de Doutorado da Universidade Católica de Pernambuco. Propõe investigar o tema da visita domiciliar como modalidade de prática psicológica no contexto de instituições para crianças e adolescentes. Nessa medida, aponta para a possibilidade de legitimar a visita domiciliar como dispositivo de cuidado no âmbito da política de assistência social. O aporte teórico a ser utilizado inspira-se nas abordagens psicossociais. Trata-se de uma pesquisa de cunho qualitativo, apoiada numa metodologia fenomenológica. Embora ainda não se tenha efetuado o contato com o campo –será submetida ao Comitê de Ética - a experiência do pesquisador testemunha a potência de cuidado existente na prática da visita domiciliar no contexto delimitado por este estudo.

Texto Completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.