O Uso de Mapas da Rede Institucional Estratégia para um olhar sobre o cuidado em saúde

Diene Monique Carlos, Maria Ferriani

Resumo


No Brasil, de acordo com as novas diretrizes do Ministério da Saúde, orienta-se a integração dos recursos disponíveis à atenção da população em uma rede de cuidados, orientada pela atenção básica, segundo o modelo da linha de cuidado. Considerando a necessidade de novas abordagens qualitativas para compreender a atuação e o cuidado em rede, o objetivo deste estudo é relatar a experiência do uso de mapas mínimos da rede social institucional externa em uma pesquisa qualitativa em saúde. O uso destes mapas pode ser estimulado e potencializado para responder às atuas demandas da contemporaneidade, em especial pela sua flexibilidade na adequação a diversos objetos de pesquisa; amplitude e profundidade de discussão; e possibilidade de articulação com a prática dos serviços.

Texto Completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.