Caracteristicas sociodemograficas e as possibilidades de intervenção profissional em situação de tabagismo na gestação Uma revisão integrativa

Antônia Pires Vasques, Luciola Demery, Cléria Silva Marinho, Sayuri Tanaka Maeda

Resumo


Trata-se de uma revisão integrativa que teve como objetivos: selecionar a produção científica sobre tabagismo na gestação, mapear as características socioeconômicas e demográficas das populações estudadas e identificar as metodologias de trabalhos e ou ações promovidas na perspectiva de redução ou cessação do tabagismo. Pesquisou-se entre 2007 e 2013 com os descritores smoking, pregnancy e qualitative research, em bases de dados: CINAHL, Lilacs, Medline, Psycinfo, Scielo, Scopus e Web of Science. Identificou-se 1.781 artigos; após a aplicação de critérios de seleção, 15 foram eleitos para o estudo. Para os referenciais de análise baseou-se nos autores: Paulo Freire e Merhy. Foi evidenciado um maior sucesso na cessação ou redução do tabagismo, o uso da nicotina. Enquanto estratégias pedagógicas em ações educativas, a predominância foi de aplicação de métodos tradicionais. Podemos concluir que as condições e relações sociais têm forte influência na manutenção do tabagismo na gestação, porém o papel orientador dos serviços de saúde é determinante na ativação do processo e grau de alcance na cessação do tabagismo.

Texto Completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.