Concepção de Saúde e Doença na perspectiva dos Profissionais da Equipe de Saúde da Família

Meriane Ferrarezi Chiari, Kátia Rezende, Isabela Paschoalotto Marques

Resumo


O estudo foi realizado com 18 profissionais de saúde que compõem a rede de Estratégia de Saúde da Família de uma cidade do interior paulista, com o objetivo de analisar as concepções de saúde e doença que orientam o cuidado em saúde desses profissionais. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, por meio de entrevista semiestruturada. Os dados foram submetidos à Análise Temática de Conteúdo que levaram à proposição de dois núcleos de sentido: 1) Concepção de Saúde e Doença na Perspectiva Multicausal e 2) Concepção de Saúde na Perspectiva Multicausal e Doença na Perspectiva Unicausal. Os resultados permitiram observar que é necessário superar o conceito ainda biologicista e linear da multicausalidade no processo saúde-doença para estabelecer novas práticas em saúde na ESF.

Texto Completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.