A vivência do sofrimento moral na estratégia de saúde da família: realidade expressa em cenas do cotidiano

Cecília Cardoso, Maria Brito, Maria Odete Pereira, Danielle Araújo Moreira, Hanna Tibães, Flávia Ramos

Resumo


Este estudo objetivou compreender a vivência do Sofrimento Moral expressa no cotidiano do trabalho de quatro equipes de saúde da família do município de Paraopeba-MG. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, cujos dados foram coletados nos meses de agosto a outubro de 2014 por meio de entrevista semiestruturada, observação e técnica projetiva, e analisados pela técnica de análise de conteúdo. Os resultados apontaram fragilidades no sistema de saúde levando os profissionais a vivenciarem uma prática desafiadora ao lidarem diariamente com situações que contradizem seus preceitos éticos, o que possibilitou maior visibilidade ao Sofrimento Moral. Ainda evidenciou a necessidade de estimular o fortalecimento da prática ética dos serviços de saúde com intuito de minimizar esse sofrimento.

Texto Completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.