Redes Sociais Significativas de Familiares Acompanhantes de Crianças Hospitalizadas

Marina Menezes, Carmen Moré, Luísa Barros

Resumo


Este estudo identificou e analisou as redes significativas de suporte familiar, social e hospitalar descritas por 20 familiares acompanhantes de crianças hospitalizadas de 5 a 12 anos, durante o período de internação. Os dados foram coletados através de entrevistas e do Mapa de Rede adaptado para o contexto hospitalar. Os resultados demonstraram que a rede social mais atuante foi constituída por familiares, através de apoio emocional, ajuda material e de serviços. As relações com a equipe de saúde do hospital e com o contexto hospitalar representaram as demais redes mais citadas como capazes de fornecer apoio. Os resultados ressaltam a identificação das redes sociais significativas no curso da hospitalização da criança como subsídio à equipe de saúde no direcionamento de ações e cuidados destinados à família e à criança hospitalizada.

Texto Completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.