Vulnerabilidade Análise de conceito para apoiar as práticas de cuidado em saúde

Francsica Sousa, Alacoque Lorenzinni Erdmann

Resumo


Estudo teórico de desenvolvimento conceitual de vulnerabilidade com objetivo de redimensioná-lo a partir de atributos e referentes empíricos apoiado no método de Walker e Avant. O conceito de vulnerabilidade não a reconhece como condição, mas como processo relacional, simultaneamente dinâmico, em estado contínuo de fluxos que ultrapassa a característica estável pois sua natureza é potencialmente mutável. Contrapõe-se ao conceito de grupo de risco, pois este é falacioso, desqualifica e estigmatiza o indivíduo. Entretanto, a vulnerabilidade é influenciada pela resiliência, autonomia e auto-organização como capacidade de adaptação ao choque ou evento e impulsionada pela ação humana. É resultado de processos em que os seres humanos se envolvem ativamente e que quase sempre pode impedir as situações produtoras de desorganização nos contextos sociais, ambientais e de saúde.

Texto Completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.