Tendências e Orientações Legais sobre Formação de Professores

Cinara Calvi Anic, Kátia Costa, Elizângela Rocha Mota, Alessandra Tomé Campos, Amarildo Menezes Gonzaga

Resumo


O presente artigo apresenta tendências da formação de professores, considerando suas características gerais e principais críticas a elas direcionadas. Caracterizou-se, como tendências, os saberes docentes, as competências, o professor reflexivo e o professor pesquisador. Partiu-se do princípio que, de forma geral, as tendências evidenciadas surgiram em oposição à racionalidade técnica, numa tentativa de ressignificação e melhoria das propostas formativas de professores, e foram incorporadas a alguns documentos oficiais que constituem bases para a formação docente no Brasil. No Parecer CNE/CP 009/2001, verificou-se a prevalência da noção de competências dentre as tendências apresentadas. Dada a polissemia deste conceito, torna-se imprescindível que os documentos legais para a formação de professores sejam analisados com bases teóricas e metodológicas específicas, objetivando facilitar sua compreensão e apropriação na prática docente.

Texto Completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.