Lesões músculo-esqueléticas nos enfermeiros especialistas em sáude materna Autoperceção dos fatores de risco

Maria Helena Prezado, Fátima Mendes Marques, Cristina Lavareda Baixinho, Mario Cardoso

Resumo


A incidência de lesões músculo-esqueléticas ligadas ao trabalho (LMELT) nos enfermeiros é elevada. O primeiro passo para a prevenção é a identificação dos fatores de risco. Este estudo exploratório, descritivo, transversal e qualitativo teve por objetivos: identificar os fatores de risco; avaliar a autoperceção do risco associada à natureza da atividade profissional e angariar contributos para o desenho de uma escala de avaliação do risco. Participaram 8 enfermeiros do sexo feminino com 40,6 anos de média de idade. As participantes identificam três áreas de risco relacionadas com a natureza da sua atividade profissional: equipamentos e materiais, fatores ligados à parturiente e fatores associados à natureza da tarefa. Os resultados permitem fazer sugestões para a formação e a identificação de fatores de risco específicos a incluir na escala de avaliação do risco de LMELT.

Texto Completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.