Formação de Vínculo na Consulta de Enfermagem à Criança Menor de Dois Anos

Polianna Formiga Rodrigues, Altamira Reichert, Neusa Collet, Tarciane Marinho Albuquerque

Resumo


O início da vida humana é frágil e susceptível a doenças. Na consulta de enfermagem à criança o enfermeiro orienta as mães para a promoção da saúde infantil, estabelecendo vínculo com as famílias. Objetivou-se identificar a existência de vínculo entre enfermeira e mães de crianças menores de dois anos na consulta de enfermagem na Atenção Primária à Saúde. Pesquisa qualitativa, realizada em sete Unidades de Saúde da Família da cidade de João Pessoa-PB, por meio de entrevista semiestruturada com enfermeiras. Identificou-se os núcleos temáticos: Elementos formadores do vínculo; Dificuldades para a construção do vínculo. Evidenciou-se que na atenção básica já existe uma relação pautada na intersubjetividade e as enfermeiras demonstraram conhecer os elementos indispensáveis à formação do vínculo.

Texto Completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.