Configuração identitária do enfermeiro da Estratégia de Saúde da Família Um olhar sobre sua formação profissional

Gláucia Sousa Vilela, Camila Silveira Santos, Danielle Araújo Moreira, Maria Brito

Resumo


Pesquisa de natureza qualitativa, realizada em agosto e setembro de 2013, objetivando compreender a configuração identitária do enfermeiro da estratégia saúde da família de um município de Minas Gerais, sob o olhar de sua formação profissional. Constituíram o estudo, profissionais que atuam nas quatro estratégias saúde da família do município, coordenação da atenção primária, gestão de saúde e usuários do serviço de saúde, perfazendo 21 participantes. A análise dos dados demonstrou que para os enfermeiros a formação profissional sofreu mudanças ao longo dos anos, adequando-se as exigências do mercado de trabalho e à política do Sistema Único de Saúde. Os demais participantes, não possuem conhecimento solidificado quanto à formação do enfermeiro, mas, reconhecem a possibilidade da “formação” acontecer no contato cotidiano com o “outro”.

Texto Completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.