Abordagem da comunidade frente às pessoas em sofrimento psíquico, na voz do Agente Comunitário de Saúde

Pâmela Câmpelo Paiva, Fátima Landim, July Branco, Bruna Tamboril, Ana Cabral, Mônica Oliveira Nunes

Resumo


Descrever como a comunidade lida com às pessoas em sofrimento psíquico, na voz do agente comunitário de saúde. Pesquisa qualitativa, junto a dezoito Agentes Comunitários de Saúde, realizado SER IV, em Fortaleza-Ce. Utilizou-se uma entrevista semiestruturada e individual. O processamento dos dados deu-se pela análise de conteúdo. Aspectos éticos e legais sob parecer Nº 957.595. Através dos discursos dos ACS, descrevemos como a comunidade percebe a pessoa em sofrimento psíquico e como está se posiciona frente às problemáticas do seu cotidiano. Contudo destacamos que, pelo fato de estar inserido na comunidade, o agente comunitário de saúde consegue perceber de forma mais apurada como tal grupo social trata a pessoa em sofrimento mental.

Texto Completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.