Convivência de pessoas com diabetes ensino ao autocuidado visando à autonomia e bem-estar

Leandro Andrade Silva, Iraci Santos, Gomes Machado Guerra, Claudia Tavares

Resumo


Teve-se como objetivo identificar as necessidades de orientação de enfermagem para o autocuidado considerando suas dimensões física, mental e espiritual. Escolheu-se a Teoria de Nola Pender e o método sociopoético, aplicando seis fases do grupo-pesquisador formado por 10 participantes do curso de autocuidado, que desenvolveram a Vivência dos Lugares Geomíticos em 2012, no Rio de Janeiro-Brasil. Nos resultados, descreve-se o estudo sociopoético classificatório formado pela delimitação das categorias analíticas - Medo do desconhecido e Transcendendo a convivência com a diabetes através da aceitação. Concluiu-se que entre as necessidades de autocuidado encontram-se: assumir compromisso para realização de atividades físicas; alimentação saudável; uso correto de medicação diariamente e regularmente, cuidado com os pés; cuidado com o corpo e mente, através de práticas de atividade física e de lazer. Se essas práticas forem atendidas pelas pessoas com diabetes lhes conduzirão à autonomia e ao bem-estar.

Texto Completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.