O cuidado familiar na situação crônica de adoecimento

Roseney Bellato, Laura Araújo, Janderléia Valeria Dolina, Cleciene Anjos Musquim, Geovana Corrêa

Resumo


Trata-se de ensaio que objetiva tecer reflexões sobre o cuidado familiar na situação crônica de adoecimento, compreendendo a família como cuidadora primária. Baseia-se em estudos de abordagem compreensiva realizados no âmbito de três pesquisas matriciais, a partir de experiências cotidianas de adoecimento e cuidado de pessoas e famílias. As reflexões foram organizadas nos eixos: conformação do cuidado familiar na situação crônica de adoecimento; rearranjos familiares para o cuidado; o cuidado próprio modelando o cuidado familiar. Apreendemos que a família cuida de si e dos seus no cotidiano da vida e, nele, também na experiência de adoecimento, tecendo redes que possam propiciar-lhe sustentação e apoio. Assim, as práticas profissionais devem modelar-se, de modo longitudinal e personalíssimo, tendo como referência o cuidado familiar, amparando-o naquilo que lhe seja próprio.

Texto Completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.