Quem ficou e o que ficou na formação do curso de Educação Física, licenciatura, na modalidade a distância

Dennia Pasquali, Bárbara de Souza, Oromar Nascimento, Ari Lazzarotti Filho

Resumo


Trata-se de um estudo de caso que buscou foi identificar o perfil dos estudantes que permaneceram no curso de Educação Física, licenciatura, na modalidade a distância e quais foram os saberes que ficaram dessa formação. Conclui-se que o perfil dos estudantes que ficaram são na maioria mulheres 52,9%, solteiros 51,9%, a porcentagem 85,7% cursaram a educação básica integralmente em escola pública, 88,4% possuem idade média de 35 anos e moram a uma distância média de 34 km do Polo. As características da persistência, autonomia e disciplina, aliada a qualidade do curso e a identidade com as práticas corporais foi apontada como determinantes para que os mesmos se mantivessem até o final do curso. Significativamente para esses estudantes, os principais saberes dessa formação foi o letramento digital, a inserção social em uma instituição pública e federal de ensino, bem como em curso superior já numa fase adulta da vida.


Texto Completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.