Educação em diálogo: compartilhando experiências em práticas sociais envolvendo o brincar, a arte e a música

Denise Andrade de Freitas Martins, Gabriela Dias Sartori, Murilo Ferreira Velho de Arruda

Resumo


Como resultado de pesquisas realizadas com crianças e adolescentes em práticas sociais envolvendo o brincar, a arte e a música e com base na pedagogia dialógica do educador brasileiro Paulo Freire, este artigo apresenta discussões e resultados de três experiências de pesquisa realizadas no Brasil a partir dos conceitos de práticas sociais e processos educativos, dialogicidade, ser mais e invasão cultural: 1) Música Geradora, processo de construção-reconstrução de aprendizagens; 2) A musicalidade presente no brincar das crianças do Programa Curumim/SESC São Carlos; 3) Construção musical coletiva em um projeto social. De natureza qualitativa e inspiração fenomenológica, o principal instrumento de coleta de dados foram os diários de campo com posterior análise. Consideramos que tais práticas são forças potentes no processo de criação, expressão e promoção de novos saberes. Entretanto, tais práticas exigem compromisso e responsabilidade, busca permanente de conhecimentos e habilidades, respeito e reconhecimento do Outro.


Texto Completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.