O Processo de Curricularização da Enfermagem no Brasil

Ana Paula Ramos da Silva Duarte, Sóstenes Éricson Vicente Silva, Maria Viviane Lisboa de Vasconcelos

Resumo


Esta pesquisa propôs reconstituir o processo de curricularização da enfermagem brasileira, buscando resposta ao questionamento de como se constituiu tal processo considerando os aspectos históricos e legais da profissão até os dias atuais.  A opção metodológica foi a pesquisa documental como modalidade da pesquisa qualitativa, que utilizou para a coleta de dados documentos legais que regulamentam a formação da enfermagem. É feita uma aproximação com a análise de conteúdo. Nos resultados emergiu uma categoria “Bases documentais do currículo de enfermagem no Brasil” que trata do desenvolvimento curricular. Observa-se que o processo de curricularização evidencia-se após associar o contexto geral da formação, relacionando-o aos aspectos históricos e legais da profissão. O conhecimento já posto, precisa ser considerado/revisado/ampliado. Por esta razão, entendemos que a concepção reduzida (distorcida) da enfermagem, em seus múltiplos aspectos, que encontramos nos estudos disponíveis, não dá conta da dinâmica histórica da constituição e de sua atuação profissional.

Texto Completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.