Investigação qualitativa na Educação: pesquisando “com” crianças

Gabriela Dias Sartori, Fernando Donizete Alves

Resumo


Esse artigo teve como objetivo refletir sobre o fazer pesquisas com crianças na área da educação, focando os aportes teórico-metodológicos de quatro dissertações em nível de pós-graduação (mestrado) do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de São Carlos, Estado de São Paulo, Brasil. Esses trabalhos partem do princípio de um fazer pesquisas com as crianças e não sobre elas, entendo-as enquanto pessoas, sujeitos de diretos. Apresentam como elementos comuns no processo de pesquisar com as crianças, a escuta, a convivência e o diálogo. Como instrumentos principais de coleta de dados a observação participante com registros em diários de campo. Nos trabalhos apresentados destacamos a postura das pesquisadoras para com as crianças, que se colocaram próximas, cuidadosas, sensíveis e abertas às situações vivenciadas com as crianças. Na mesma medida, é importante ressaltar a postura das crianças ao acolher esses adultos em seus cotidianos e contextos. 


Texto Completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.