Reflexões sobre as Diretrizes do Curso de Graduação de Biomedicina no Brasil: desafios e potencialidades

Cristiane Lopes Simão Lemos, Renan Nunes Leles, Ellen Synthia Fernandes de Oliveira, Clever Gomes Cardoso

Resumo


Para consolidação do SUS (Sistema Único de Saúde) no Brasil é fundamental superar o modelo de ensino tradicional com referência flexeneriana nos Cursos da área da Saúde. No período de 2001 a 2004, com objetivo de estimular mudanças educacionais no cenário brasileiro, foram aprovadas novas diretrizes curriculares para os 14 cursos da área da saúde. O objetivo geral deste estudo foi refletir sobre as Diretrizes Curriculares Nacional do Curso de Graduação de Biomedicina (DCNCB), compreendendo suas potencialidades, seus desafios e suas relações com o sistema público de saúde brasileiro.  Para isso, foi feita uma análise documental das portarias e regulamentações referentes a Biomedicina e aos cursos da área de saúde além dos artigos relacionados ao tema. A análise resultou na reflexão sobre as interfaces entre a DCNCB e SUS e sobre a formação do Biomédico e o seu perfil almejado para o SUS.


Texto Completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.