Participação de Tutores nos Treinos de Natação: a Percepção dos Atletas com Deficiências Físicas

Paulo Nazar, Lilian Cristina Gomes Nascimento, Juliana Schuller, Cléria Maria Lobo Bittar, Maria Georgina Marques Tonello

Resumo


Este estudo teve como objetivo discutir a ação de tutores e avaliar a pertinência da tutoria através da percepção de atletas com deficiências em natação adaptada. Participaram do estudo oito atletas, três homens e cinco mulheres, de 18 a 55 anos, com deficiências físicas distintas. Foram introduzidos nos treinos de natação adaptada tutores durante oito semanas, que atuaram juntamente com o técnico. Após o término do programa de tutoria, os atletas com deficiências físicas participaram de um encontro que seguiu a técnica do grupo focal. Os resultados encontrados foram de 3 categorias diferentes a respeito da experiência com a tutoria na natação adaptada segundo a categorização proposta por Bardin (2011). O estudo concluiu que a tutoria foi apresentada como uma experiência positiva e apresentaram também críticas em relação a experiência. E por fim apresentaram algumas competências e habilidades que deveriam ser desenvolvidas pelos tutores para proporcionar uma prática mais eficaz.

Texto Completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.