A formação de professores no Brasil e em Portugal: narrativas de futuros professores

Jane Machado, Maria Vasconcelos, Rui Neves, Ana Isabel Andrade, Adriana Almeida, Eda Henriques

Resumo


O objetivo deste artigo é problematizar a formação inicial de professores a partir da voz dos sujeitos que escolhem ser professores. Articulam-se duas pesquisas de natureza qualitativa, a primeira com campo de investigação em uma universidade brasileira e uma universidade portuguesa, na qual os sujeitos investigados foram ouvidos sobre as razões de escolha do curso de Pedagogia (Brasil) e Educação Básica (Portugal) e o modo como os percursos de formação se ajustam às suas expetativas. Os dados foram recolhidos a partir de relatos narrativos, com apresentação de tópico inicial, atendendo aos pressupostos teóricos e metodológicos da pesquisa narrativa e histórias de vida na linha de Nóvoa e Finger. A segunda pesquisa confrontou os dados oficiais sobre a formação e a valorização de professores ao previsto nos Planos de Educação. Os resultados permitem problematizar e iluminar políticas e práticas de formação inicial e continuada de professores no Brasil e em Portugal. 


Texto Completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.