Metodologias de ensino e práticas pedagógicas em um curso de odontologia da Região Central do Brasil

  • Karolina Kellen Matias
  • Luc Vandenberghe
  • Carlos Estrela
  • Sandramara Matias Chaves

Resumo

As mudanças no mercado de trabalho, perfil do educando, velocidade de produção do conhecimento e a constatação de uma incoerência entre a formação profissional e a prestação de serviços à comunidade, motivaram uma revolução no ensino superior, em especial nos cursos da área de saúde no sentido de adequar a formação profissional para este novo contexto. As diretrizes curriculares sistematizaram estas necessidades e impulsionaram as reformas curriculares e reestruturação dos projetos pedagógicos de curso. Tal realidade, determinou a necessidade de uma nova postura para exercer a atividade de ensino. O objetivo deste trabalho centrou-se em investigar a percepção de professores sobre as metodologias, estratégias de ensino e práticas pedagógicas empregadas na formação profissional do curso de odontologia. Para tanto, utilizou-se uma abordagem qualitativa. Os dados foram coletados com os professores através entrevistas individuais, a análise destes dados foi realizada por meio da Grounded Theory e tendo como suporte o software WebQDA. A metodologia de ensino mais utilizada no curso é a tradicional e a estratégia de ensino é a aula expositiva com projeção de slides. A metodologia ativa de ensino e aprendizagem ainda representa um desafio para os professores essencialmente pelas limitações pedagógicas. Utilizar-se destas metodologias representa abandonar a segurança que alicerça a utilização histórica da metodologia tradicional. Esta mudança de paradigma para os professores, envolve enfrentar as resistências dos alunos e vencer as próprias. A prática pedagógica apresenta incongruências com o projeto pedagógico de curso no que concerne à interdisciplinaridade, integração de ciclo básico e clínico, priorização de utilização de metodologias ativas, visão integral do paciente e processo de avaliação da aprendizagem. No que se refere à utilização de metodologias ativas é imperioso que haja capacitação de professores e esclarecimento de alunos. É indispensável que estas sejam utilizadas com ponderação e que sejam adequadas aos objetivos. 

Publicado
2015-12-03