Gravidez na Adolescência - Projeto de vida ou ausência dele?

  • Maria Helena Presado
  • Mário Cardoso
  • Ana Paula Carmona

Resumo

A gravidez na adolescência é uma realidade inquietante ligada muitas vezes a uma gravidez indesejada e acidental. E quando essa gravidez é desejada e planeada pelos adolescentes? Será este desejo de gravidez motivado pela falta de literacia em saúde ou pela ausência de projecto de vida? 

Com o objetivo de identificar os fatores que levam à escolha de uma gravidez na adolescência e as expectativas da implicação da gravidez/maternidade no seu projeto de vida. Desenvolveu-se um estudo descritivo de abordagem qualitativa para responder à questão: Que factores levam os adolescentes a colocar como projeto de vida a gravidez e o nascimento de um filho? 

Realizaram-se entrevistas a todas as grávidas adolescentes que verbalizaram estar grávidas por desejo e projeto de vida, numa Unidade de Saúde na região de Lisboa nos meses de Agosto e Setembro de 2011. 

Após análise de conteúdo dos discursos apurou-se que as participantes possuem conhecimentos sobre métodos contraceptivos, têm baixo nível de escolaridade, são oriundas de classes sociais mais desfavorecidas e de famílias disfuncionais. Na sua maioria, são filhas de mães com história de gravidez na adolescência. 

Concluiu-se que existe gravidez desejada em adolescentes de meios socioeconómicos mais desfavorecidos, com factores psicosocioculturais vincados. É prioritário um maior investimento dos profissionais na promoção de saúde destes jovens e famílias no sentido de melhorar a capacidade de decisão e diminuir a gravidez na adolescência, contribuindo assim para a qualidade de vida e bem-estar destas famílias. 

Publicado
2015-12-07