Saúde na Mídia - Análise da Repercussão do Programa “Mais Médicos” do Ministério da Saúde em Jornais Impressos, Brasil

  • Dábyla Alkmim
  • Indyara Araujo Morais
  • Jéssica Souza Lopes
  • Marina Menezes Santos
  • Mariane Sanches Leonel
  • Rodrigo Santos
  • Weverton Rosa
  • Maria Fátima Sousa
  • Ana Mendonça

Resumo

Analisa as publicações relacionadas ao Programa Mais Médicos de julho a setembro de 2013 e sua repercussão no Correio Braziliense e Folha de São Paulo. Trata-se de um estudo descritivo que utilizou de metodologia qualiquantitativa. Os dados analisados e relacionados representam o que o Programa assume na mídia impressa. Foram encontradas 363 publicações, sendo 262 na Folha de São Paulo e 101 no Correio Braziliense. A palavra “Médicos” mais apareceu nos títulos, e na Folha de São Paulo foram 110 dos títulos negativos; no Correio Braziliense o caráter neutro esteve em 50 das publicações. No caráter da notícia, 178 destas são pessimistas. As “neutras” representaram 101 e as “otimistas” 83. Verificou-se que a mídia é fundamental para a repercussão do Programa, mas não transparece a verdade, mas a opinião de jornalistas que escreveram as notícias relacionadas ao tema. 

Publicado
2015-12-08