Acompanhando o filho na realização de procedimento cirúrgico - A experiência vivenciada pelos pais

  • Fabiane Amorim Almeida
  • Dulce Ferreira

Resumo

Quando a criança é submetida à cirurgia, sua família sente-se ameaçada pelo medo de perdê-la. A hospitalização, portanto, traduz-se em uma experiência difícil e desgastante para ambos. Objetivo: compreender o significado da experiência vivenciada pelos pais ao acompanhar o filho na realização de procedimento cirúrgico. Método: Pesquisa descritiva exploratória, de abordagem qualitativa, realizada no Centro de Terapia Intensiva Pediátrica de uma instituição privada do município de São Paulo. A amostra constituiu-se por três pais que participaram de uma entrevista estruturada durante a internação da criança. Os dados foram analisados por meio da Técnica de Análise de Conteúdo de Bardin. Resultados: Foram identificadas seis categorias de análise: enfrentando o momento do diagnóstico; sofrendo com a evolução do estado clínico do filho; nem sempre entendendo o que acontece com o filho; experimentando diferentes sentimentos frente à situação; buscando estratégias para enfrentar e superar a situação; refletindo sobre a atuação dos profissionais de saúde. Considerações finais: A atitude dos profissionais de saúde é muito importante nesse momento para que os pais se sintam acolhidos e consigam enfrentar a situação, apesar do sofrimento. 

Publicado
2015-12-08