A relação entre mãe e bebê pautada na separação compulsória em situação prisional

  • Tatiane Oliveira
  • Isabella Teixeira Bastos
  • Patricia Delfini
  • Camila Junqueira Muylaert
  • Vicente Junior Sarubbi
  • Alberto Reis

Resumo

O desenvolvimento do bebê depende dos cuidados oferecidos pela mãe ou cuidador, ou seja, a díade constituída no início da vida é o eixo norteador para potenciais vínculos ou prejuízos sociais futuros. Este Projeto de estudo qualitativo examinará a relação mãe e bebê no ambiente prisional tendo como destino certo a separação compulsória, em geral, após seis meses ao nascimento. Realizaremos grupo focais com mães grávidas, mães com bebês em torno de três meses e mães próximas da separação. 

Publicado
2015-12-08