Políticas educacionais como “texto” e “discurso”: aportes para um estudo qualitativo

  • Mónica Rocío Barón Montaño
Palavras-chave: Educação escolar; instituição escolar; política educacional; ciclo de políticas públicas.

Resumo

Este artigo apresenta um estudo de caso sobre a relação entre a política e a prática no âmbito escolar, pesquisa de doutorado denominada “método de projetos: apropriações e questões na contemporaneidade” e desenvolvida em uma escola da rede pública da cidade de Bogotá, Colômbia. A pesquisa, que em uma abordagem qualitativa examina as relações entre políticas educacionais, instituições e atores escolares, define a política como "texto" e como "discurso" com base nas teorizações do britânico Stephen Ball e colaboradores. Constata-se, nessa problematização, que os textos e discursos da política são compreendidos para além da suposição da transparência da linguagem, na medida em que constituem processo feito de interpretações e traduções, cujo sentido é sempre marcado pelo tempo e espaço em que ocorrem.

Publicado
2019-06-24