O grupo reflexivo de mediação biográfica: método de investigação qualitativa e dispositivo de pesquisa-formação

  • Maria da Conceição Passeggi
  • Roberta Ceres Antunes Medeiros de Oliveira
  • Gilcilene Lélia Souza do Nascimento
Palavras-chave: Grupo reflexivo; Mediação biográfica; Método de pesquisa; Formação; Narrativa.

Resumo

Apresentamos reflexões teóricas sobre o grupo reflexivo de mediação biográfica, entendido sob duas óticas: a) como método de pesquisa qualitativa para a produção de dados; b) como dispositivo de pesquisa-formação em contexto institucional. A discussão ancora-se em princípios teórico-metodológicos da pesquisa (auto)biográfica em educação e no paradigma antropoformador (Pineau, 2005). Para a compreensão do processo das escritas de si, teceremos aproximações com os três movimentos da tríplice mimese: prefiguração, configuração, refiguração (Ricoeur, 1994). Os dados empíricos estão constituídos por narrativas de professoras, participantes de propostas de pesquisa-formação. As análises focalizam as duas dimensões do grupo reflexivo, com ênfase no processo de auto(trans)formação, que se realiza mediante as aprendizagens no diálogo com as próprias experiências (autobiografização) e com a escuta reflexiva da experiência alheia (heterobiografização). Nas conclusões, destacamos resultados e potencialidades desse modo de conceber a pequisa qualitativa em educação.

Publicado
2019-06-27