Mapeamento em rede da dança em Petrolina-PE: das redes diádicas à ciência das redes

  • Adriana de Faria Gehres
  • Ana Carolina Marques
  • Anne Karoline Silva
  • Leandro Olivan
  • Lívia Tenorio Brasileiro
  • Raphaela Barros de França Campelo
Palavras-chave: Dança; rede; complexidade.

Resumo

Este estudo se caracteriza como uma pesquisa teórica sobre as metodologias de investigação e descrição de redes sociais que nos levaram a interrogar como os estudos de redes de dança no Estado de Pernambuco poderiam caracterizar-se como estudos entre as pesquisas qualitativas e quantitativas, a partir de um caso que estamos investigando, a cidade de Petrolina-PE. Nosso estudo iniciou como um estudo descritivo exploratório das configurações da dança em Pernambuco como mapeamento em rede e que tomava como referência a teoria de redes formada por ligações diádicas em Barnes (1987) e foi se transformando, em seu percurso, para aportar as teorias da ciência das redes no estudo de sistemas complexos (Barabási, 2016). Com o estudo da cidade de Petrolina, discutimos a possibilidade da existência de redes sem escala com actantes que pertencem a instituições com algum grau de formalidade e transitoriedade de funções e locais.

Publicado
2019-06-28