Configuração identitária do enfermeiro da Estratégia de Saúde da Família Um olhar sobre sua formação profissional

  • Gláucia Sousa Vilela
  • Camila Silveira Santos
  • Danielle Araújo Moreira
  • Maria Brito

Resumo

Pesquisa de natureza qualitativa, realizada em agosto e setembro de 2013, objetivando compreender a configuração identitária do enfermeiro da estratégia saúde da família de um município de Minas Gerais, sob o olhar de sua formação profissional. Constituíram o estudo, profissionais que atuam nas quatro estratégias saúde da família do município, coordenação da atenção primária, gestão de saúde e usuários do serviço de saúde, perfazendo 21 participantes. A análise dos dados demonstrou que para os enfermeiros a formação profissional sofreu mudanças ao longo dos anos, adequando-se as exigências do mercado de trabalho e à política do Sistema Único de Saúde. Os demais participantes, não possuem conhecimento solidificado quanto à formação do enfermeiro, mas, reconhecem a possibilidade da “formação” acontecer no contato cotidiano com o “outro”.
Publicado
2015-07-16