Trabalhar no Consultório na Rua Uma análise por meio do uso do software Iramuteq

  • Liliana Muller Larocca
  • Maria Chaves
  • Maria Terumi Kami
  • Ingrid Voth Lowen

Resumo

Este estudo tem como objetivo conhecer por meio da lexicografia básica, o vocabulário mais frequente no relato de uma semana típica de trabalho vivenciados pelos profissionais das equipes de Consultório na Rua de um município do sul do Brasil. Trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa e cunho exploratório. Os informantes foram os profissionais de saúde que integram as quatro equipes de Consultório na Rua (eCR) deste município. Os dados foram processados no software IRAMUTEQ e analisados pela nuvem de palavras. A palavra mais frequente foi “gente” no sentido de “nós - equipe”.  O trabalho no Consultório na Rua evidencia a importância do trabalho em equipe, reforçando a importância dos sujeitos de compartilhar entre si responsabilidades e composição de estratégias coletivas de cuidado e acolhimento.
Publicado
2015-07-17