Caminhos de Lutas por Habitação dos Segmentos Populares: reflexões sobre o caso do Recife-Brasil

  • Rosa Lima

Resumo

O processo de ocupação de terras urbanas denota o enfrentamento dos segmentos populares para assegurar um lugar para habitar, instalando sua moradia. Este artigo busca discutir sobre as lutas sociais urbanas por terra para habitação, habitação e infraestrutura. O estudo realizado na cidade do Recife, capital do estado de Pernambuco, Brasil, contempla o período entre os anos de 1964 a 1985. Anos nos quais o país enfrentava tempos de ditadura militar que rebatia fortemente nas formas de organização da sociedade. A metodologia empregada esteve sustentada em pesquisa qualitativa, incluindo a coleta de informações em jornais e entrevista aplicadas com lideranças representativas envolvidas, protagonistas de lutas sociais e participantes de entidades da organização popular, no Recife, adicionado com aprofundamento teórico-analítico.

Publicado
2016-07-08