Estratégia Saúde da Família e Território: percepção dos trabalhadores da atenção básica em saúde

  • Liane Cristina Toyonaga da Silva
  • Kelly Karine Pasqual
  • Meriane Ferrarezi Chiari
  • Mara Quaglio Chirelli
  • Katia Terezinha Alves Rezende

Resumo

A territorialização, dentro da Estratégia Saúde da Família, faz parte do processo de planejamento por possibilitar o reconhecimento das áreas de riscos da comunidade, dos pontos de referência e das vulnerabilidades de infraestrutura, entre outros aspectos essenciais para desenvolver planos de cuidado. Nosso objetivo foi analisar a percepção dos trabalhadores que compõem as equipes de saúde acerca do papel/objetivos da Estratégia Saúde da Família e do processo de territorizalização. Pesquisa qualitativa, com uso de entrevista semiestruturada para coleta de dados, realizada em Unidades de Saúde da Família.  Os sujeitos foram profissionais de nível médio e superior, selecionados por meio de amostra aleatória simples, totalizando 22 entrevistados. Discussão e análise foram submetidas à análise de conteúdo, modalidade temática. A territorialização deve ser melhor explorada pelas equipes da ESF, podendo ser um meio de fortalecimento da rede de Atenção Primária à Saúde e de promoção de cuidados mais resolutivos. 

Publicado
2016-07-10