Qualidade de vida para quem tem diabetes: percepções de profissionais de saúde e de pessoas com diabetes

  • Claudete Rempel
  • Claudete Moreschi
  • Ioná Carreno
  • Carmen Pombo

Resumo

O presente estudo tem como objetivo conhecer o que é ter qualidade de vida para uma pessoa com diabetes na percepção de profissionais de saúde e de pessoas com diabetes (DM). Trata-se de uma pesquisa exploratório-descritiva com abordagem qualitativa, realizada com 14 pessoas com diabetes atendidas pelas Estratégias Saúde da Família (ESF) de um município do interior do estado do Rio Grande do Sul, Brasil, e com 14 profissionais de saúde que trabalham nas ESF. Os resultados evidenciaram que ter QV para quem tem DM é estar com a doença controlada e sentir-se bem em seu meio de convivência. Para isso, algumas estratégias emergiram como fundamentais para promover melhorias na QV de quem tem DM, como acesso aos serviços de saúde, a efetividade das práticas de autocuidado, fazer o que gostam conforme sua realidade, realização das atividades prazerosas e atividades cotidianas, com o intuito de ocupação. Tal compreensão pode potencializar as ações de promoção da qualidade de vida das pessoas com DM.

Publicado
2016-07-05