Vivência dos pais frente à morte do filho neonato: estudo clínico-qualitativo

  • Larissa Rodrigues
  • Claudinei Campos

Resumo

Os objetivos deste estudo são conhecer a vivência dos pais no processo de luto após morte do filho neonato, analisar aspectos psicossociais e emocionais relatados, e discutir a vivência das figuras paterna e materna. Nos moldes da pesquisa clínico- qualitativa com coleta de dados através de entrevistas utilizando questionário semi estruturado e análise de dados nas bases da hermenêutica dialética. Os resultados serão apresentados como categorias gerais e específicas após análise das entrevistas gravadas e transcritas, surgindo assim, conexão entre fala do sujeito e conteúdos não manifestos, dando base para discussão dos dados e aproximação do referencial teórico. Pré-categorias podem surgir durante estudo bibliográfico e aculturação. Diversidade cultural fica evidente na revisão de literatura inicial, a figura paterna é pouco explorada. Resta necessidade de pesquisa, portanto o projeto pretende avançar no conhecimento do processo de luto para posterior planejamento de adequações assistenciais no Brasil.

Publicado
2016-07-05