Compreensão da integralidade sob a perspectiva de docentes inseridos na atenção primária à saúde

  • Thiago Gomes
  • Elza Higa
  • Antônio Passos
  • Márcia Otani
  • Bernardino Souto

Resumo

Esta pesquisa analisou a compreensão sobre a Integralidade na perspectiva dos docentes de enfermagem e medicina inseridos na Atenção Primária à Saúde (APS). O pressuposto norteador é a necessidade de compreensão da Integralidade na APS, considerando sua polissemia, seu impacto e relevância na formação de futuros profissionais de saúde. Pesquisa com abordagem qualitativa do tipo Estudo de Caso. Aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa sob o Protocolo 513.764. Participaram oito docentes, por meio de entrevista e os dados foram interpretados pela Análise de Conteúdo na Modalidade Temática. Emergiram três categorias analíticas: Integralidade como cuidado centrado na pessoa; Integralidade como algo difícil de ser problematizada e Integralidade não praticada pelo foco estar na doença e não na pessoa. Conclusões: vislumbra-se o ensino-aprendizagem tendo em vista o cuidado na perspectiva da integralidade.
Publicado
2016-07-05