Reflexões acerca da experiência do desemprego: aspetos positivos e negativos

  • Joyce Aguiar
  • Vinício Abreu
  • Marisa Matias
  • Anne Fontaine

Resumo

O desemprego é um dos principais problemas da sociedade ocidental atual. Analisamos uma amostra de 151 portugueses desempregados, pedindo-lhes que listassem características positivas e negativas de estar em desemprego. Através do método de análise de conteúdo e com apoio do programa NVivo, foram realizadas análises de frequência e por categoria temática. Todos os participantes referiram aspetos negativos e a maioria (n = 122) citou também pelo menos um aspeto positivo. As dificuldades financeiras foram as mais mencionadas pela negativa e “ter mais tempo” foi o aspeto positivo mais citado. Observou-se que a vivência do desemprego não é perspetivada de modo único e alguns fatores, como estatuto profissional do cônjuge e presença do apoio familiar, parecem ter um efeito sobre a perceção mais positiva ou negativa desta experiência. Sugere-se para futuros estudos metodologias que possibilitem dar voz à pessoa desempregada, de modo a compreender diferentes matizes sobre a experiência do desemprego.

Publicado
2016-07-06