O Método das Histórias de Vida na Investigação Qualitativa em Psicologia

  • Patrícia Araújo
  • Emília Martins
  • Rosina Fernandes
  • Francisco Mendes
  • Cátia Magalhães

Resumo

Durante muitos anos, as abordagens qualitativas na investigação em Psicologia foram relegadas para segundo plano, sendo enaltecidos os métodos positivistas, marcados pelas abordagens quantitativas da realidade. Pretende-se, neste trabalho, realizar uma reflexão sobre o método das histórias de vida na investigação em psicologia, perpassando a história dos métodos qualitativos, suas taxonomias e marcos de relevo, efetuando ainda uma análise da evolução do número de trabalhos que utilizam histórias de vida na investigação em Psicologia, publicados numa base bibliográfica de referência. Verificou-se um aumento substancial do número de publicações (558) nos últimos anos, de 2000 a 2016, quando comparamos com a quantidade de trabalhos publicados (122) durante todo o século XX (de 1900 a 2000).  O interesse crescente pelo método traduz a valorização do recurso a várias metodologias no estudo dos fenómenos psicológicos, na medida em que há espaço para todos os tipos de investigação na compreensão do comportamento humano.

Publicado
2016-07-06