Mulheres não usuárias de drogas: vulnerabilidade social, fatores de risco e proteção do uso destas substâncias

  • Jacqueline Souza
  • Jordana Oliveira
  • Regina Fioratti
  • Kelly Vedana

Resumo

Em geral, as mulheres têm menos envolvimento com o uso de drogas e são mencionadas pelos usuários como principais fontes de apoio social. Assim, visando analisar a percepção de mulheres não-usuárias de drogas sobre os fatores relacionados ao consumo de tais substâncias e identificar situações de vulnerabilidade a que estiveram sujeitas ao longo da vida, empreendeu-se um estudo qualitativo, em uma cidade interiorana brasileira. Os dados foram coletados através de história oral e observação participante registrados em anotações de campo. Utilizou-se análise de conteúdo e linha do tempo com os eventos-chave do ciclo vital das participantes. Estas referiram ter poucas informações sobre as drogas e seus efeitos. As consequências do uso que mencionaram partiram de conhecimento empírico, mas identificaram diferentes fatores que corroboram a literatura científica atual. Os resultados sugerem que importantes estressores na infância/adolescência das participantes culminaram em perpetuação da pobreza, baixo capital social, sofrimento psíquico na vida adulta.
Publicado
2016-07-06