O ensino das medidas de prevenção e controle de infecções para a segurança do paciente em cursos de graduação em enfermagem

  • Elisângela Boeira
  • Adenicia Souza
  • Milca Pereira
  • Vanessa Vila
  • Anaclara Tipple

Resumo

Estudo qualitativo, descritivo exploratório, do tipo análise documental realizado em seis Cursos de Graduação em Enfermagem, que objetivou caracterizar o ensino da segurança do paciente e das medidas de prevenção e controle de infecções em cursos de graduação em enfermagem do Estado de Goiás, Brasil. Foram analisados seis Projetos Pedagógicos dos Cursos e 273 Planos de Disciplina. A segurança do paciente foi abordada em poucas disciplinas e sem a contundência de sua importância. Equipamento de proteção individual foi a medida mais abordada, ocorrendo em 18 (46,2%) disciplinas, seguida de higiene das mãos, 15 (38,5%), limpeza e desinfecção de equipamentos e superfícies, 12 (30,8%). A medida menos abordada foi descarte de perfurocortantes, 8 (20,5%) disciplinas. O ensino da segurança do paciente é incipiente. Há fragilidade no ensino das medidas de prevenção e controle de infecções, que ocorre em momentos pontuais e não permeia todo o curso.
Publicado
2016-07-06