A abordagem qualitativa na pesquisa em educação médica

  • Nildo Batista
  • Cristiano Regis
  • Ivanete Silva
  • Helena Batista

Resumo

Este artigo tem como objetivo mapear e analisar os estudos qualitativos publicados nos periódicos Medical Education (MEO) e Revista Brasileira de Educação Médica (RBEM), no período de 2011-2015, enfatizando referencial teórico-metodológico, tipos e instrumentos de pesquisa, processo de análise de dados. A partir da análise documental, trabalhou-se com 141 artigos da MEO e 94 da RBEM que tiveram a abordagem qualitativa como orientadora da pesquisa. Observa-se que pesquisas de educação médica com abordagem qualitativa correspondem, aproximadamente, a 39% do total de pesquisa neste campo (38,6% na MEO e 39,6% na RBEM). Estes achados indicam a relevante contribuição metodológica que esta abordagem tem dado para o avanço do conhecimento relacionado com a formação de médicos, bem como um esforço para colocar em diálogo diferentes aspectos desse processo. A análise destas pesquisas reafirma a complexidade da pesquisa qualitativa, tanto na amplitude de seus referenciais teóricos como na diversidade de objetos de estudo.

Publicado
2016-07-06