Acesso, vínculo e continuidade na atenção à saúde da criança com diabetes mellitus em ambulatórios especializados

  • Paula Wolkers
  • Juliana Pina
  • Monika Wernet
  • Maria Furtado
  • Débora Mello

Resumo

Investigar a situação do acompanhamento da saúde de crianças com diabetes mellitus tipo 1, na perspectiva de mães e responsáveis, com atenção às relações com os ambulatórios especializados no município de Uberlândia, Minas Gerais. Método: Estudo exploratório, com análise qualitativa dos dados, a partir de entrevistas com 56 mães ou responsáveis de crianças, em dois serviços públicos de saúde brasileiros. Resultados: Os relatos apontam pontos vulneráveis: abordagem centrada principalmente na patologia, acesso frágil, pouco resolutivo e insegurança em situações que demandam urgência e emergência, vínculo superficial e pouca comunicação com os profissionais de saúde, e insuficiente amparo à família. Conclusão: O estudo retrata situações de vulnerabilidade institucional no seguimento longitudinal da saúde de crianças com diabetes mellitus tipo 1.

Publicado
2016-07-06