Saberes e Práticas da Educação Permanente em Saúde no Cotidiano da Estratégia Saúde da Família: uma Metassíntese

  • Mirceli Barbosa
  • Alcindo Ferla
  • Mara Santos
  • Regina Barroso
  • Caren Bavaresco
  • Luciana Teixeira

Resumo

O objetivo deste estudo foi identificar e analisar produções bibliográficas sobre Educação Permanente em Saúde (EPS) na Estratégia Saúde da Família (ESF). Foi realizada uma metassíntese a partir de uma busca nas bases de dados: PubMed, Lilacs e Scielo. Como critérios de inclusão foram considerados os artigos originais do Brasil publicados em português, inglês e espanhol, além de artigos de revisão, pesquisas quantitativas e qualitativas com enfoque na ESF. Foram encontrados 613 artigos, dos quais após leitura de títulos e resumos foram selecionados 13. A partir dos resultados obtidos, pode-se concluir que a EPS, já repercute na produção de conhecimentos sobre a atenção básica e ESF. Também é possível inferir que a EPS é vista como possibilidade de qualificação profissional para os trabalhadores das ESF, possibilitando mudanças nas práticas do cotidiano do fazer em saúde a partir do conhecimento da realidade e das necessidades de saúde da população.
Publicado
2016-07-07