A experiência da dor lombar como condição crônica em mulheres trabalhadoras da cooperativa do assentamento rural “Filhos de Sepé”

  • Angela Quijano
  • Adriane Vieira

Resumo

A dor lombar crônica é um tema relevante e vem sendo amplamente estudada, porém, poucos estudos abordam a perspectiva da experiência do sujeito nessa condição e no contexto rural. O objetivo deste estudo foi interpretar as mudanças e as barreiras, aqui denominadas de deslocamentos, que surgem no cotidiano de mulheres trabalhadoras da cooperativa de um assentamento rural. Trata-se de um estudo qualitativo realizado com seis trabalhadoras. Aplicou-se o método de análise de enunciação emergindo os temas: perdas significativas que as fazem reviver o passado, sentimentos negativos vinculados ao mal-estar gerado pela dor e às limitações de suas capacidades e a percepção do trabalho na cooperativa do assentamento como uma possibilidade de superação em suas trajetórias. A presença da dor lombar crônica insita a recomposição e resignificação do cotidiano, demandando uma nova forma de estar no mundo.

Publicado
2016-07-07