O discurso dos enfermeiros sobre assistência pré-natal de gestantes com sífilis

  • Keila Martins
  • Maria Silva
  • Izabelle Albuquerque
  • Priscila Aquino
  • Maria Linhares

Resumo

Este estudo objetivou investigar a percepção e o processo de trabalho dos enfermeiros sobre à assistência pré-natal prestada às gestantes com sífilis no município de Sobral – Ceará - Brasil. Trata-se de um estudo qualitativo, desenvolvido nos centros de saúde que notificaram casos de gestantes com sífilis no ano de 2012. Participaram 13 enfermeiros que ofertaram assistência pré-natal às referidas gestantes. Foi aplicado um questionário analisado segundo referencial Discurso do Sujeito Coletivo. A assistência pré-natal foi considerada de qualidade, envolvendo o pré-natal prestado conforme protocolo estabelecido pelo Ministério da Saúde. Relataram-se dificuldades vivenciadas no cotidiano do enfermeiro como áreas descobertas; e estratégias para a garantia de uma assistência efetiva. Este estudo retratou o olhar dos enfermeiros acerca do acompanhamento dessas gestantes, sendo fundamental que se desenvolvam estratégias, ações de prevenção e controle da sífilis para a melhoria da assistência pré-natal.

Publicado
2016-07-07