Os significados e perspectivas dos pesquisadores sobre o impacto da pesquisa na política e prática de saúde

  • Antonia Angulo-Tuesta
  • Leonor Santos
  • José Iturri

Resumo

A interação direta dos pesquisadores na política depende de interesses dos atores sociais e de ambientes políticos favoráveis. Este artigo busca compreender os significados e as perspectivas dos pesquisadores sobre os processos de interação entre cientistas e tomadores de decisão que influenciam o impacto da pesquisa na política de saúde. Este estudo qualitativo baseia-se na abordagem da Overseas Development Institute Research and Policy in Development. Analisaram-se 14 entrevistas semiestruturadas com pesquisadores no campo de morbimortalidade materna e neonatal. Os pesquisadores orientam as suas atividades, principalmente, para a produção de conhecimentos; capacidades de pesquisa e divulgação dos resultados. Participam, em algumas oportunidades, da definição de políticas de cuidado clínico e desempenho dos serviços de saúde municipal e local. Reconhecem barreiras para interatuar e produzir impactos na política devido às tensões do contexto político, econômico e social, às mudanças institucionais e organizacionais no setor saúde e ao sistema de avaliação dos pesquisadores.
Publicado
2016-07-07