Colocar o Homem no Centro das Ciências Sociais: Abraçar e Estudar a Subjectividade para Ser Objectivo

  • Isabel Camalhão
  • Serafim Camalhão

Resumo

Este artigo constitui-se como um manifesto contra a desumanização das Ciências Sociais em nome de uma objectividade, preditividade e replicabilidade. O ser humano é transformado em padrões, números, diagramas e outras representações gráficas em que ficam apenas os resultados finais, os quais, negligenciam o pequeno grupo, o indivíduo e mesmo o investigador. Neste processo perde-se o conhecimento dos seres humanos que estão por detrás da produção cientifica, no que se designa como a morte do Homem na ciência, como se este nunca tivesse existido. A proposta apresentada é um esboço que junta aparentemente duas metodologias incompatíveis, a Grounded Theory Clássica e a Auto etnografia, com o objectivo de revelar os mecanismos de decisão e análise dos dados de qualquer investigador, sem ter que se preocupar com quaisquer preconcepções, neste caso do campo, metodologia e teoria. O objectivo é revelar tudo que o investigador traz para a investigação sem preconceitos.
Publicado
2016-07-07