Fundamentos da Prática na Pesquisa Organizacional

  • Yára Bulgacov
  • Denise de Camargo
  • Liliane Canopf
  • Raquel Matos
  • Norma Ferrarini

Resumo

Revelar os fundamentos da prática da pesquisa organizacional pode ser uma tarefa árdua mas imprescindível. Assume-se o fazer pesquisa como uma atividade reflexiva e de escolha do pesquisador frente aos pressupostos e modelos diversos da prática científica com suas respectivas implicações técnicas, éticas e políticas (Morgan, 1984).  Prática cientifica assim compreendida como parte de um acontecer histórico no qual o pesquisador e sujeito da pesquisa encontram-se situados concretamente (Bulgacov & Vizeu, 2011). A ênfase, portanto, do processo investigativo deve ser posta no campo, na ação, na relação do pesquisador com o outro e na experiência e vivência do pesquisador (Amorim, 2004). Encoraja-se, portanto, o pesquisador social a examinar o que faz com o contexto de opções disponíveis.  Para tanto discorre-se sobre as mediações filosóficas e sociológicas da ciência na prática científica e as mediações epistemológicas e metodológicas.

Publicado
2016-07-08